portal Casa e Cia
Casa&Construção  
 
Reportagens

Antes e depois
Banheiros repaginados
Com criatividade, é possível transformar o antigo projeto em um ambiente moderno, bonito e mais funcional

Texto: Patrícia Julien


Que um banheiro precisa ser prático todo mundo concorda, melhor ainda quando se pode aliar beleza e conforto. Os antigos ambientes que abrigavam somente pia, chuveiro e vaso sanitário cresceram e ganharam maior importância nos projetos - alguns se converteram em verdadeiras salas de banho.

É certo também que os revestimentos, as louças e os metais têm papel fundamental na hora da transformação, mas há ainda outros fatores que devem ser levados em conta na hora da reforma. É importante ficar atento ao estado das instalações elétricas e hidráulicas e ao projeto luminotécnico. Em relação à parte elétrica, muitos dos espaços mais antigos não contam com fiação adequada ou número suficiente de tomadas que comportem equipamentos mais modernos e potentes. A hidráulica também requer cuidados especiais, pois tubulações antigas podem apresentar vazamentos. Vale a pena aproveitar a obra para fazer uma vistoria geral e trocar as fiações e tubulações necessárias.

Selecionamos cinco projetos de reforma que não só deixaram os banheiros mais modernos como também solucionaram problemas. Confira, inspire-se e mãos à obra!

Banheiro novo + lavabo

A reforma comandada pela arquiteta Beatriz Dutra uniu o único banheiro ao quarto e, para atender às visitas, foi criado um lavabo utilizando parte da área do banheiro, do hall de entrada e de outro quarto. A parte hidráulica teve de ser totalmente refeita e a bancada (mármore piguês - 1,96 x 0,55 m) e o vaso sanitário tiveram suas posições alteradas. O lavabo exigiu novas instalações hidráulicas e de esgoto.

Os dois ambientes foram revestidos com piso porcelanato Simplesmente Branco (Portobello) - peças de 1,20 x 0,60 m (lavabo) e 0,60 x 0,60 m (banheiro).

O lavabo recebeu um espelho emoldurado por painéis de mogno ripado com mangueira de luz embutida. Por não ter janela a ventilação é feita artifi- cialmente através de duto.

Ambos os espaços ganharam spots brancos embutidos com lâmpadas dicróicas. No banheiro, a peça com lâmpada PAR 20 cuida da iluminação.

Antes da reforma o banheiro contava com 4,20 m² e a nova configuração resultou em um lavabo de 1,20 m² e um banheiro de 4,34 m².

 

Custos

Louças: R$ 1.434
Metais: R$ 574
Piso: R$ 639
Bancada e rodapé
de mármore: R$ 1964,16
Gabinetes do banheiro e
painel do lavabo: R$ 2.315
Espelhos: R$ 450 - com instalação
Boxe: R$ 488 - com instalação

Confira quem fez

Projeto: Beatriz Dutra
Marcenaria: Marcenaria Dedicatto
Vidros e espelhos: Americanbox
Iluminação: Moema Iluminações
Louças e metais: Deca

 

 

Sensação de amplitude

O antigo banheiro ganhou cara nova nas mãos de Carla Dichy. A porta de entrada foi aberta para o espaço onde antes ficava a banheira - agora ocupado por duas pias.

Com a nova configuração o tampo de mármore piguês (com saia de 5 cm e frontão de 10 cm) recebeu duas cubas de sobrepor quadradas. Uma parede de gesso foi aplicada nessa extensão e segue até a nova banheira de 1,60 x 1,60 m com deque de mármore piguês. Para isolar os locais de banho, uma parede de drywall foi inserida.

A área de 1,92 m² abriga dois chuveiros e possui uma grelha em toda a extensão para escoamento da água. Piso e paredes ganharam revestimento de porcelanato branco da Portinari (0,60 m x 0,60 m). O novo vaso sanitário foi alocado onde foi fechada a antiga porta.

Para iluminar as áreas foram usados spots com dicróicas com filtro acima da bancada, dois pontos com PAR 20 para luz geral e no boxe, e duas minidicróicas na lateral da banheira.

O banheiro manteve a área original de 10,16 m².

 

 

 

Custos

O valor total, incluindo toda a parte
civil, materiais, revestimentos, marcenaria,
louças, metais, banheira, espelhos, boxe,
instalações hidráulicas, bem como
mão-de-obra e instalações, foi de R$ 23 mil.
Forro de gesso: R$ 1.000
Boxe: R$ 850
Espelho: R$ 400 (cada)
Metais: R$ 2.000
Marcenaria: R$ 2.500
Banheira: R$ 4.500
Mármore: R$ 4.000
Piso: R$ 1.500

Confira quem fez

Projeto: Carla Dichy
Iluminação: Puntoluce
Mármores: Clodomar
Porcelanato: Portinari
Obra civil: ANF Engenharia
Louças e metais: Deca
Marcenaria: OVP Marcenaria

 

Econômico

A reforma repaginou o banheiro e primou pela economia que ele poderia gerar. O arquiteto Luís Fernando Giannini implantou o sistema de aquecimento solar da água e válvulas de descarga de dois comandos, que diminuem os gastos de água. Outra solução econômica foi criar condições para que a luz natural fosse aproveitada ao máximo. "Segundo os proprietários, já houve uma economia da ordem de 35 a 40% no consumo de luz e água", comemora o arquiteto.

As primeiras providências foram substituir a janela de vitral colorido por duas basculantes com vidro translúcido e transferir o boxe para a área próxima da janela, aumentando o seu tamanho (1,45 x 0,80 m). O vidro fumê foi substituído pelo temperado incolor. A nova bancada (1,45 x 0,50 m) de mármore piguês com cuba de sobrepor (Deca - modelo L87) foi transferida para a parede lateral. A porta de entrada de abertura convencional atrapalhava o projeto e a solução encontrada foi trocála pelo tipo camarão de 0,70 m.

Toda a parte elétrica e hidráulica foi refeita, pois as instalações antigas representavam um gasto maior de energia. Os canos de água quente em cobre foram protegidos com manta térmica, para minimizar a perda de calor no trajeto entre o boiler e os registros do banheiro.

Para revestir o piso do ambiente, foi escolhida a cerâmica Raffia Branco (Incepa) em peças de 0,44 x 0,44 m e para a metade inferior das paredes da área molhada, placas de 0,16 x 0,45 m. A reforma instalou três pontos de iluminação geral e dois pontos embutidos no rebaixo em gesso, todos equipados com lâmpadas halógenas. O banheiro manteve a área de 4,75 m².

Confira quem fez

Projeto: Luís Fernando Giannini
Revestimentos: Incepa
Marcenaria: Zózimo
Boxe e espelhos: Espelhorama
Louças e metais: Deca

Custos

No total foram gastos R$ 7.831,13,
sem os valores de mão-de-obra.
Revestimento parede: R$ 367,38
Revestimento piso: R$ 203,22
Marcenaria: R$ 900
Boxe: R$ 203,22
Espelhos: R$ 402,56
Iluminação: R$ 326
Bancada: R$ 1.150
Gesso: R$ 380
Metais e cuba: R$ 3.398,15
Esquadria: R$ 280

 

Com lavatório externo

Para trazer mais conforto, o banheiro que atende aos dois quartos de hóspedes foi reformado pela arquiteta Sophia Galvão. O lavatório na área externa foi mantido e não sofreu mudanças estruturais, mas a configuração exigiu novas instalações hidráulicas. A nova cuba (Deca - L98) foi apoiada sobre a bancada de madeira ipê que ocupa toda a largura entre as alvenarias (1,27 m).

No banheiro, o bidê foi removido e a nova pia foi alocada na mesma parede do vaso sanitário. O piso ganhou madeira na parte seca e os azulejos das paredes cederam lugar ao tecnocimento. O boxe ganhou ares mais modernos com o vidro temperado transparente. No piso da área molhada a opção foi pelo mármore branco clássico. Para receber a nova cuba de sobrepor (Deca - L86) a marcenaria de madeira ipê foi projetada exatamente do tamanho do lavatório. O nicho que acompanha toda a extensão da parede suporta um amplo espelho (1,11 x 1,61 m).

Para iluminar, no lavatório a opção foi pelo spot embutido com lâmpada AR 70. Na área interna, a iluminação geral é feita por spots com dicróicas, e no boxe, PAR 20. O nicho abaixo do espelho ganhou iluminação embutida com lâmpadas fluorescentes amarelas de 32W.

O banheiro manteve a área original de 4,20 m² e 2,36 m² de lavatório.

 

Custos

Cubas: R$ 1.518,52
Misturadores: R$ 821,71 (cada)
Metais: 1.887,96
Vaso: R$ 405,48
Boxe: R$ 548
Espelhos: R$ 855
Mármore: R$ 636
Móvel folheado em ipê: R$ 850

Confira quem fez


Projeto: Sophia Galvão
Louças e metais: Deca
Boxe e espelhos: MV Vidros
Mármores: Cácia Mármores
Marcenaria: Fabrica Vapore
Luminárias: Relumi

 

Modernizado

Escuro e com revestimentos ultrapassados, o banheiro pedia uma repaginação. "Os revestimentos escolhidos são mais atuais e claros e os metais e as louças têm design moderno", afirma a arquiteta Tatiana Moura Lopes, responsável pelas mudanças.

O ambiente não exigiu reformas estruturais, mas as instalações hidráulicas sofreram alterações com troca de toda a tubulação de água fria e quente para que o chuveiro elétrico fosse substituído pelo aquecimento a gás.

O piso recebeu porcelanato bege e as paredes, azulejos brancos com pastilhas cerâmicas. A ventilação do espaço é feita por duas janelas basculantes (0,24 x 1,42 m) nas paredes laterais.

Executada em mármore branco, a nova bancada (1,74 x 0,52 m) abriga cuba redonda de apoio (Deca). O boxe (0,85 x 1 m) de vidro temperado transparente e o espelho sobre a pia (1,45 x 0,70 m) haviam sido trocados recentemente e foram mantidos após a reforma.

A luminária central, responsável pela luz geral, comporta duas lâmpadas incandescentes de 60W. A arandela com quatro lâmpadas incandescentes de 60W, instalada sobre a pia, auxilia na hora da maquiagem e de fazer a barba. O banheiro manteve a área original de 6,85 m².

Custos

No total a reforma custou R$ 12.287.
Louças: R$ 300
Metais, registros, válvula, acabamentos
hidráulicos e material: R$ 1.975
Aquecedor: R$ 1.400 (instalado)
Revestimentos (piso e parede): R$ 1.017
Materiais de obra (Cimentcola, rejunte,
cimento, areia e cal): R$ 535
Montagem do boxe e
prateleira de vidro: R$ 200
Gabinetes, puxadores e cesto de vime: R$ 2.070
Bancada e soleira: R$ 1.010
Moldura de gesso: R$ 84
Luminária: R$ 66
Acessórios: 480
Pedreiro: R$ 2.000
Encanador: R$ 1.000
Pintor: R$ 150

Confira quem fez


Projeto: Tatiana Moura Lopes
Marcenaria: Marcenaria Vazquez
Bancada: Marmoraria Paulista

* Os valores foram fornecidos pelos
profissionais e referem-se à época
em que foram executadas as reformas
e podem ter sofrido alterações.